Caraguatatuba recebe 1º posto de carregamento ultrarrápido para veículos elétricos do Brasil

A estação pública foi instalada no shopping Serramar em uma parceria da distribuidora EDP e as fabricantes Audi, Porsche e Volkswagen

0
588
veículos elétricos
Postos abastecem veículos elétricos para fazerem viagens mais longas (Fotos: Daumer De Giuli/Tripé Online Mkt/ Divulgação)

A cidade de Caraguatatuba foi a primeira do Brasil a receber um posto de carregamento ultrarrápido para veículos elétricos. A estação pública foi instalada no Shopping Serramar, no Pontal de Santamarina, em uma parceria da distribuidora de energia EDP e as fabricantes Audi, Porsche e Volkswagen.

- Publicidade -

Segundo as empresas, o tempo médio de recarga é de aproximadamente 15 minutos para um veículo ter 100km de autonomia. Por enquanto, para abastecer na rede, os usuários precisam efetuar um cadastro no site da EDP Smart e solicitar um cartão que será entregue em até 20 dias. Em breve, um aplicativo será lançado para que os clientes cadastrados possam também desbloquear, monitorar e utilizar os eletropostos de forma digital, sem a necessidade do cartão.

veículos elétricos

Com investimento total de R$ 32,9 milhões, o projeto prevê a instalação de 30 novas estações de recarga ultrarrápida ao longo de três anos, no Estado de São Paulo, sendo 10 novos postos ainda em 2020, que estarão na Rodovia Régis Bittencourt, Rodovia Fernão Dias, Rodovia dos Bandeirantes e Via Anhanguera. As empresas ABB, Electric Mobility Brasil e Siemens são as fornecedoras das soluções de carregamento.

O projeto denominado Plug&Go, escolhido na chamada pública da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), deve ainda se conectar com os eletropostos parceiros no Rio de Janeiro, Vitória, Curitiba e Florianópolis, formando um corredor com mais de 2.500 quilômetros de extensão.

Os carregadores utilizados no primeiro posto de recarga de veículos elétricos são o HV160 de recarga ultrarrápida (150kW) em corrente contínua (DC) e um PC22 de recarga semirrápida (22kW) em corrente alternada (AC), da Electric Mobility, com capacidade para abastecer três veículos elétricos simultaneamente nos dois carregadores.

“A entrega do primeiro posto da rede de recarga ultrarrápida é um marco importante num projeto tão estratégico para a expansão da mobilidade elétrica no Brasil. A EDP está empenhada em protagonizar a transição energética para uma economia de baixo carbono, daí o nosso orgulho de liderar iniciativas como essa no Brasil”, afirma Nuno Pinto, head de Mobilidade Elétrica e Serviços ao Cliente da EDP Smart.

Para Johannes Roscheck, CEO e Presidente da Audi do Brasil, “há cada vez mais interessados em adquirir veículos elétricos no Brasil e a ampliação da infraestrutura de recarga no País é uma motivação adicional para que eles concretizem essa decisão. Desde que introduzimos o Audi e-tron, primeiro veículo 100% elétrico da marca, no mercado brasileiro em abril, temos conversado com nossos clientes e a percepção é de que a inauguração de pontos de recarga ultrarrápida como este trará ainda mais confiança para a realização de longas viagens. Este projeto é peça importante para atender a demanda crescente de veículos elétricos no Brasil e mostra como a sinergia entre empresas pode trazer impactos positivos para os consumidores”.

“Um dos fatores de atratividade dos carros elétricos para os consumidores é a criação de uma rede de carregamento tão ampla e abrangente quanto a existente hoje para veículos com motor a combustão. Neste momento, em que a Porsche está lançando no Brasil o Taycan, primeiro esportivo 100% elétrico da marca, a abertura de um eletroposto de carregamento rápido é fundamental para dar aos clientes a segurança de poder percorrer longas distâncias e ter onde carregar a bateria do automóvel”, pontua Werner Schaal, Diretor de Vendas da Porsche Brasil.

“A Volkswagen está liderando a transformação para a mobilidade sustentável e temos como objetivo nos tornarmos a marca número 1 global em mobilidade elétrica. Para isso, serão mais de 11 bilhões de euros investidos nos próximos anos mundialmente. Aqui na região da América Latina, nossa ofensiva de produtos elétricos e híbridos teve início com o lançamento do Golf GTE, híbrido plug-in. O sucesso desta estratégia depende de uma ampla infraestrutura de carregamento. E, com a inauguração deste primeiro eletroposto, vamos começar a oferecer uma estrutura de qualidade e conveniência para nossos clientes e demais usuários, bem como incentivar que as pessoas se sintam confiantes e seguras para optar por um automóvel híbrido ou elétrico nos próximos anos”, ressalta Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina.

Tendência mundial de veículos elétricos

O relatório mais recente da Bloomberg New Energy Finance (BNEF) indica que, até 2040, cerca de 56 milhões de carros elétricos circularão pelas ruas e estradas do planeta. O levantamento indica ainda que, em 20 anos, mais da metade dos veículos vendidos no mundo serão elétricos.  De acordo com pesquisa feita pela Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), o Brasil seguirá a tendência global e o mercado nacional de automóveis elétricos e híbridos deve crescer de 300% a 500% nos próximos cinco anos.

Também de acordo com ABVE, de janeiro a junho de 2020, as vendas de automóveis eletrificados (100% elétricos, híbridos plug-in e híbridos não plug-in) cresceu 221%em relação ao mesmo período de 2019 – de 2.356 unidades para 7.568. Segundo estudo do Boston Consulting Group, a expectativa é que o número de automóveis elétricos no Brasil chegue a 2 milhões em 2030.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui