Caseiro foragido por tentativa de feminicídio em Ilhabela é preso em Piracaia

A vítima teve o rosto desfigurado e o pé quebrado pelo ex-companheiro, no bairro Pacuíba

0
543
feminicídio
Tentativa de feminicídio aconteceu há um mês em Ilhabela (Foto: Nova Impresa)

Um homem foragido após tentativa de feminicídio em Ilhabela foi preso pela Policia Civil nesta quinta-feira (22), em Piracaia, no interior paulista. O crime aconteceu há um mês, no bairro Pacuíba, e a vítima teve o rosto desfigurado e o pé quebrado pelo ex-companheiro.

- Publicidade -

O suspeito, de 42 anos, identificado como A.M.L., é natural de Martinópolis e morava com a ex-esposa em uma casa onde trabalhavam como caseiros. No dia do crime, após ingerir bebida alcoólica, ele agrediu a mulher com socos, pontapés, e teria tentado sufocar a vítima e arrastá-la até a costeira da residência.

O filho do casal, de 16 anos, tentou impedir as agressões, mas não conseguiu e saiu em busca de socorro. Ele acionou a Polícia Militar, porém quando a equipe chegou ao local, o autor já tinha fugido.

Feminicídio

Inicialmente foi registrada ocorrência de violência doméstica/lesão corporal, porém, diante da gravidade das agressões, foi instaurado inquérito policial por tentativa de assassinato (feminicídio). O delegado titular de Ilhabela, Dr. José Vinciprova Sobrinho, solicitou a prisão temporária do autor e a representação foi acatada pelo judiciário local.

Em um trabalho de inteligência, o setor de investigações da Polícia Civil de Ilhabela descobriu o paradeiro do agressor e, entrando em contato com a equipe de Piracaia, A. foi preso no local indicado pelos investigadores.

A prisão temporária tem o prazo de 30 dias, prorrogáveis por mais 30 e, segundo a Civil, deverá ser convertida em preventiva assim que o inquérito policial for concluído.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui