Sabesp conclui licitação para obras do sistema de esgotos em Maresias

Com custo de R$ 75 milhões, empreendimento deve beneficiar 23,4 mil moradores e gerar 70 empregos em cada fase

0
128
Maresias
Maresias costuma apresentar alto índice de coliformes fecais e bandeira vermelha no verão (Fotos: Divulgação)

A Sabesp acaba de concluir o processo de licitação para a primeira fase das obras do sistema de esgotos em Maresias, na Costa Sul de São Sebastião. Com contrato de R$ R$ 28,9 milhões, a empresa escolhida deve implantar redes coletoras, estações elevatórias de esgotos, linhas de bombeamento e ligações domiciliares.

- Publicidade -

Foi vencedor o Consórcio SES Maresias, integrado pelas empresas Allonda Engenharia e Construção, Água Forte Saneamento Ambiental e Cosatel Construções, Saneamento e Energia.

Maresias

Segundo a Sabesp, a segunda etapa do empreendimento, que consiste na construção da estação de tratamento de esgotos do sistema Maresias, deve acontecer também em 2020. O Sistema de Esgotamento Sanitário Maresias (SES), cujo investimento total é de R$ 75 milhões, será composto por 27 km de redes coletoras, estações elevatórias de esgotos, 2 km de linhas de recalque (para bombeamento do efluente doméstico), além da Estação de Tratamento de Esgotos.

O empreendimento deve gerar 70 empregos em cada fase (contrato) e, com a conclusão das obras da 1ª e 2ª etapas, 23,4 mil moradores serão diretamente beneficiados.

 

Maresias

Uma das praias mais badaladas do Estado de São Paulo e conhecida no circuito do surfe mundial pelas ondas e por ser berço do bicampeão mundial Gabriel Medina, Maresias recebe aproximadamente 35% dos turistas de São Sebastião.

maresias

Os dados são da Associação de Pousadas e Hotéis de Maresias (APHM), que é uma das entidades que luta pelo saneamento básico da região. A praia costuma sofrer com poluição das águas, tanto de rios quanto do mar, com a chegada da temporada de verão.

Nesta época do ano, com o aumento da população sazonal e da utilização dos esgotos, é comum ver a bandeira vermelha da Cetesb no local, indicando que a praia está imprópria para banho e apresenta riscos de contaminação. O órgão considera a praia poluída quando a densidade de coliformes fecais fica acima do comum.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui