Porto de São Sebastião lança exportação de milho com previsão de 20 mil toneladas 

Porto teve um aumento de 3,6% na movimentação de cargas durante a pandemia

0
102
Exportação vai atingir cerca de 20 mil toneladas (Fotos: Proporto/ Divulgação)

Pela primeira vez o Porto de São Sebastião inicia a exportação de cargas de milho, com previsão de 20 mil toneladas de embarque nos próximos dias. A carga, que sairá do Mato Grosso (MT), está sendo planejada em embarque à granel em Big Bags, em duas etapas. O país que vai receber a carga não foi informado pela empresa.

- Publicidade -

Cerca de 450 trabalhadores devem atuar no transporte do milho, entre colaboradores da Proporto, operadora portuária que intermedia a exportação, e portuários avulsos.

Conforme a Secretaria Estadual de Logística e Transportes, o Porto de São Sebastião teve um aumento de 3,6% na movimentação de cargas durante a pandemia. Entre março e maio deste ano, foram transportadas 144 mil toneladas, contra 139 mil toneladas no mesmo período de 2019.

Exportação de açúcar

Em julho passado, o Porto de São Sebastião voltou a embarcar cargas de açúcar para exportação internacional. Há cerca de 15 anos essa atividade não era realizada na região. Elas foram exportadas para Matabi, no Congo, África e o Mediterrâneo.

Segundo a Companhia Docas, responsável pelas atividades no porto local, até o final do ano devem ser embarcadas cerca de 200 mil toneladas do produto gerando mais de 400 empregos na região por movimentação.

A operação de embarque é feita navios do tipo Break-Bulk, que gera menor fila de atracação e custos aceitáveis. Eles podem transportar os mais diversos tipos de cargas, embaladas ou não, desde cargas secas a cargas frigoríficas. O processo de carregamento e descarregamento é diferente do que ocorre nos navios porta-container, sob aspecto de automação das operações, mas igualmente exige equipe treinada e equipamentos próprios para realizar o processo com agilidade e segurança.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui