Após feriado lotado, Ilhabela estuda implantação de Lei Seca

Proibição de bebidas alcóolicas visa evitar aglomerações e pode começar neste fim de semana

0
259
Lei Seca
Lei Seca deve ser aplicada após feriado lotado no LN (Foto: Divulgação)

Após o feriado do Dia da Independência com praias lotadas, a Prefeitura de Ilhabela estuda a implantação de Lei Seca a partir deste sábado (12). A medida visa restrição da venda de bebidas alcóolicas na cidade e começou a ser pensada após registro de um alto número de turistas e diversas aglomerações em meio a pandemia da Covid-19.

- Publicidade -

A administração municipal realiza campanhas de conscientização sobre os protocolos de cuidados contra a disseminação do coronavírus e lançou até uma assinatura de um termo de responsabilidade na entrada da cidade, pela travessia da balsa. Porém, as ações pontuais não têm evitado as descumprimento das regras de saúde e, as cidades do Litoral Norte, que estão com os mesmos problemas,  passaram a buscar apoio do governo do estado de São Paulo para implantação da “Operação Lei Seca”.

“Hoje não são nem as prefeituras nem os estabelecimentos formais os responsáveis, pois estes não conseguem coibir as pessoas que simplesmente ignoram as boas regras de convivência e a pandemia”, afirma Bianca Colepícolo, secretária de Turismo de Ilhabela.

Multas no feriado

Para a questão do transtorno noturno, a Polícia Militar está fazendo uma ação desde o final de semana passado, chamada “Efeito Sonoro”, evitando festas. A Fiscalização da Prefeitura tem agido com firmeza, com o trabalho de “Tolerância zero”, aplicando multas, lavrando boletins de ocorrências e fechando estabelecimentos que continuam abertos após o horário permitido, 23h.

Durante o feriado foram quase 30 notificações e multas da equipe de fiscalização a estabelecimentos que não estavam cumprindo os protocolos sanitários, em especial horário.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui