Cinco mercados são multados por vender produtos vencidos em Caraguá

Foram recolhidos manteiga,pão de forma, lasanha, frios, empadas, leite fermentado, patê, creme de ricota e outros

2
7545
Procon também analisou abuso de preços nos estabeleimentos (Foto: PMC/ Divulgação)

As equipes do Procon de Caraguatatuba chegaram nesta semana aos supermercados da Região Norte do município. A fiscalização constatou que nos cinco estabelecimentos vistoriados haviam produtos vencidos, por isso eles foram autuados e as multas devem chegar a R$ 74 mil. Também foram analisados os preços dos produtos.

- Publicidade -

O diretor do Procon, Aliex Moreira, aponta que chamou a atenção a quantidade de produtos vencidos nos supermercados localizados nos bairros Jetuba, Massaguaçu e Capricórnio. Em um deles, a manteiga havia vencido em 3 de março passado.

Foram recolhidos e inutilizados produtos que estavam nas prateleiras refrigeradas como lasanha, peito de peru, mortadela, empadas, leite fermentado, bolinhos de bacalhau, patê, creme de ricota, além de pão de forma, tempero, entre outros.

Em um dos supermercados os fiscais encontraram na padaria produtos como bolos, biscoitos, queijadinhas, carolinas, alfajores, muffins e maria moles sem informação. Eles foram recolhidos para adequação.

Em relação à pratica de preços abusivos, de acordo com Aliex Moreira, alguns gerentes apresentaram notas fiscais onde apontam que os fornecedores já repassam as mercadorias com majoração no valor. “Vamos avaliar esses documentos e, se for o caso, também falar com os fornecedores”, diz.

O Procon orienta que o consumidor que se sentir lesado pode fotografar o produto e nos encaminhar junto com comprovantes e nota fiscal para o email procon@caraguatatuba.sp.gov.br. Denúncias também podem ser feitas pelo telefone (12) 3897-8282.

2 COMENTÁRIOS

  1. Gostaria que fizessem vistoria na Região Sul. Ontem encontrei bisnaguinha vencida e embolorada na prateleira. Mostrei para a funcionária e ele fez uma cara muito feia e nem agradeceu.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui