Mulher acusa ex-namorado de estupro na Costa Sul de São Sebastião

O homem teria usado uma faca para coagir a vítima e acabou preso

0
372
Caso foi registrado no DP de Boiçucanga (Foto: Divulgação)

Uma mulher de 31 anos, moradora do bairro Cambury, Costa Sul de São Sebastião,  foi vítima  de estupro e violência doméstica na manhã deste sábado (21), próximo de sua casa.

- Publicidade -

A Polícia Militar foi chamada para socorrer a vítima S.R.M.A,  que informou ter sido coagida a manter relações sexuais com J.X.P.S.S., com quem teve um relacionamento de cinco meses e estava separada há um mês.

A vítima contou aos policiais que antes da meia-noite de sábado (21), percebeu que J. estava dentro de sua casa portando uma faca com o cabo em formato de soco inglês. Apavorada, ela correu e foi perseguida por ele, sendo arrastada a um matagal próximo de sua residência onde foi forçada a manter relações sexuais da meia-noite até por volta de 5h da manhã, já em outro matagal, no bairro Piavú.

A vítima informou que conseguiu fugir e acionar a PM quando o suspeito acalmou-se.

R. disse que o suspeito tornou-se agressivo após a separação, que houve ameaças e agressões, porém, não registrou boletim de ocorrência.

Uma testemunha relatou que estava com a vítima até pouco antes da meia-noite tomando cerveja e quando R. ia embora  pediu para um amigo acompanhá-la, pois sabia das ameaças de J. Ela soube que agressor estava na casa de R. e presenciou quando ele colocou a faca no pescoço da vítima, tendo corrido em busca de ajuda e não os viu mais.

Os policiais militares conduziram os envolvidos até a Delegacia. A vítima foi encaminhada para o exame de corpo de delito sexológico no IML onde foi constatada a violência sexual, bem coo o exame médico feito no Pronto Atendimento de Boiçucanga.

J. foi localizado em sua casa, no mesmo bairro, onde também estava a faca. Segundo policiais, ele havia confirmado que entrou na residência da vítima sem autorização, que estava de porte de uma faca, porém, não a teria ameaçado e que manteve relação sexual consensual. Alegou também que sua ex-namorada estava com outro homem na residência, por isso o motivo da faca, e que ela fazia uso de entorpecente do tipo cocaína e que ele é usuário de maconha.

Na Delegacia, quando interrogado, o suspeito optou por permanecer em silêncio e apenas se pronunciar em juízo na Audiência de Custódia.

Ele foi preso em flagrante delito por estupro, sem direito a fiança, permanecendo à disposição da Justiça. A vítima compareceu ao Distrito Policial e solicitou as medidas protetivas de urgência.

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui