EDP anuncia investimento de R$ 11,5 milhões no Litoral Norte

Operação Verão visa diminuir riscos com a chegada de chuvas contínuas em janeiro e fevereiro

0
206
Operação Verão prevê redução de acidentes por meio do uso de tecnologias, como drones (Fotos: Nova Imprensa)

A EDP, empresa responsável pela distribuição de energia em Caraguatatuba e São Sebastião, anunciou um investimento de R$ 11,5 milhões na região. A Operação Verão destinará a receita para tecnologias e ações voltadas para segurança de redes, já que os riscos de acidentes aumentam com a chegada do período de chuvas.

- Publicidade -

O anúncio foi feito durante um evento, em Caraguatatuba, nesta quinta-feira (12). Na ocasião, o meteorologista Filipe Pumgirum afirmou que a previsão para janeiro e fevereiro é de chuvas contínuas e risco de deslizamento de terra na região e que desde já existe um monitoramento nas redes elétricas para prevenção de acidentes.

A empresa deve utilizar estratégias, como inspeção instrumental especializada, manutenção preventiva e automação da rede e flexibilidade na operação para que a queda de energia seja restabelecida o mais rápido possível.

O uso de um tomógrafo ecológico, chamado de penetrógrafo, tem auxiliado a empresa a diagnosticar a saúde das árvores tornando a poda mais eficaz e diminuindo o risco de quedas próximo à rede elétrica. Outra tecnologia bastante utilizada é o drone de asas rotativas que pesa em média 45 kg e outro  de asa fixa que chega a 190km/h e é utilizado para checar problemas nas redes elétricas.

O chefe da Divisão Operacional da Defesa Civil de São Sebastião, Wagner Barroso, apresentou um plano de gerenciamento de riscos, destacando áreas de vulnerabilidade da cidade e planos de ação em parceria com a EDP e poder público na prevenção de acidentes no período mais crítico de chuvas.

Atendimento

Segundo a EDP, também houve investimento no call center para que as chamadas sejam atendidas em até 30 segundos. A empresa lançou ainda canais de SMS e chat da agência virtual e do aplicativo, através do uso da inteligência artificial.

Formatura

O evento teve ainda a formatura da Escola de Eletricista da EDP, em parceria com o Senai. Foram 16 profissionais, sendo oito homens e oito mulheres. O objetivo foi qualificar trabalhadores com interesse em atuar na área de distribuição de energia. O curso teve duração de três meses e meio.

Os diplomas foram entregues aos formandos pela diretoria da EDP, representantes da Polícia Militar, Ambiental e Rodoviária, pelo vereador Índio e pelo prefeito Aguilar Junior e sua esposa Samara Aguilar.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui