Suspeito de executar empresário de Caraguá é preso

O homem, de 29 anos, foi localizado em Ubatuba com uma arma do mesmo calibre que matou Peron em abril

0
628
O estabelecimento de propriedade de Peron ficou dias fechado por luto (Foto: Divulgação)

Um homem de 29 anos foi preso, na noite desta terça-feira (18), acusado de executar o empresário de Caraguatatuba, Joasir José Peron, proprietário de uma churrascaria na cidade. D.R.S. foi localizado pela Força Tática da Polícia Militar, no bairro da Marafunda, em Ubatuba, ode estava morando.

- Publicidade -

Segundo o capitão da PM, Robert Scott Brunocato Neill, o suspeito foi localizado após uma denúncia anônima. Ele estava andando armado em um veículo Gol prata quando foi localizado. Com ele foram encontradas uma pistola Taurus, calibre 280 com 10 munições de calibre 9mm intactas, embaixo do banco do passageiro.

“As investigações e a justiça confirmarão ou não a autoria do crime em que foi vitimado o empresário”, afirmou o comandante.

O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Ubatuba onde ele foi preso em flagrante, por posse de armas e munições de uso restrito. A prisão preventiva também tem o objetivo de dar continuidade a investigação da suposta autoria do homicídio.

Execução à luz do dia

O empresário de Caraguá foi executado com tiros na cabeça à luz do dia, efetuados com uma arma do mesmo calibre do suspeito, enquanto tomava café da manhã no dia 30 de abril. Peron estava sentado em uma mesa próxima a janela do seu restaurante, quando, segundo relato de testemunhas, um homem em uma moto se aproximou e efetuou quatro disparos, e criminoso fugiu em seguida.

Na época, a suspeita da Polícia Civil era de execução encomendada.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui