FOTO EM FOCO: Monstros invadiram o shopping

0
22



- Publicidade -
Foi no Shopping  Serramar. Um dia, lá estavam eles, enormes e ameaçadores, intimidando os passantes. Ocupavam a fachada principal e pedaços alternados no jardim interno. Bastava chegar perto e se punham a mover, muito lerdos e desengonçados. Abriam vagarosamente a bocarra cheia de dentes pontiagudos e urravam um grito gutural, primitivo.

O projeto arquitetônico do prédio, fugindo ao padrão claustrofóbico que vigora em empreendimentos dessa natureza, calhou de fornecer um cenário apropriado. A vegetação farta do jardim era um berço condizente para a teatralidade deles e ajudava imaginar que, se fossem eles realmente vivos, uma morte terrível e dolorosa poderiam nos causar.

Na verdade, eles não eram monstros, mas sim bonecos gigantescos, com evidentes limitações de movimento. Atores canastrões em um espetáculo mais para o farsesco do que o amedrontador.

Agora, já não mais estão ali. Foram todos embora para outro lugar, recriar esse mesmo Parque Jurássico. Ficaram as fotos da sua presença e aqui a fotografia exercita a sua melhor magia: a de perenizar o passado.

Mas por trás das vitrines das lojas, permanecem sempre de prontidão outros bonecos, humanos bonecos, olhando o tempo inteiro quem próximo caminha. São todos descerebrados; para alguns, falta a própria cabeça – são manequins decapitados. Pelo que pretendem, são muito mais perigosos que os monstrengos de plástico com a pretensa vocação de dinossauros. Pois além de buscar vender uma camisa, um sapato, um par de meias, querem é que reverenciemos as grifes expressas nas palavras que são inscritas bem à vista em cada peça de vestuário. Querem que nos comportemos feito lordes ou rebeldes sem causa, querem que deixemos de ser quem somos para ser o que idealmente reputam que deveríamos ser para então merecermos estampar os seus emblemas, feito salvo-condutos para sermos bem aceitos e invejados.


Por Márcio Pannunzio

*Os direitos autorais das fotos da coluna Foto em Foco pertencem a Márcio Pannunzio. Desrespeitar o direito do autor é crime. Havendo interesse em usar qualquer fotografia da coluna para fins jornalísticos, institucionais, didáticos ou publicitários, entre em contato para negociar o devido licenciamento de uso de imagem: marciopann@gmail.com

  Conheça mais trabalhos de Márcio Pannunzio pelos sites: www.marciopan.art.brwww.marciopan.comwww.ilhabelaemfoco.com e www.retratararte.com. E aqui no Foto em Foco, toda semana uma diferente série fotográfica.

Matéria anteriorIlhabela recebe mostra sobre religiosidade ocidental e dos povos indígenas
Próxima matériaFOTO EM FOCO: Cordéis
Márcio Pannunzio
Márcio Pannunzio, que reside em Ilhabela desde 1989, é artista plástico, fotógrafo, ilustrador, cartunista e jornalista. Seu trabalho de artista gráfico correu mundo e conquistou doze prêmios internacionais, entre eles, na XYLON 12 – International Triennial Exhibition of Artistic Relief Printing ( Suíça ), na Biennale Internationale d’Estampe Contemporaine de Trois-Rivières, Première Édition ( Canadá ), no 3º Concurso Internacional de Minigrabado “Ciudad de Ourense” ( Espanha ), na BIMPE V – The Fifth International Biennial Miniature Print Exhibition ( Canadá ), na 1st International Small Engraving Salon Inter – Grabado 2005 ( Uruguai ). No Brasil foi premiado em trinta e nove ocasiões entre elas: no 10º Salão Paulista de Arte Contemporânea, no 50º Salão Paranaense, na 10ª Mostra da Gravura Cidade de Curitiba, no 3º Salão Victor Meirelles, no 2º Salão SESC de Gravura, no 26º Salão de Arte de Ribeirão Preto Nacional – Contemporâneo, no 7º e no 3º Salão UNAMA de Pequenos Formatos, na VIII e na VII Bienal do Recôncavo, na II Bienal da Gravura, na 4ª e na 2ª Bienal de Gravura de Santo André, na 5ª e na 3ª Bienal Nacional de Gravura Olho Latino. Foi bolsista da Fundação Vitae em 2002 e figurou entre os vencedores dos editais ProAc de Artes Visuais de 2008, 2010 e 2011. Realizou trinta e uma individuais, cinco delas no exterior. Pratica a fotografia de rua e investe também no fotojornalismo. É colaborador exclusivo da Istockphoto da Getty Images e parceiro da agência de fotojornalismo Foto Arena. Como jornalista colaborou como articulista na primeira versão do Jornal da Ilha, na Folha da Cidade, na revista por dentro do Baepi. Assina a coluna de opinião foto em foco no Nova Imprensa desde 2016.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui