Ressaca avança e rompe duna de areia em São Sebastião

0
22

Ventos fortes também provocaram queda de duas árvores na Costa Sul da cidade 

- Publicidade -
Barra do Una, em SS, sofre com ressaca do mar (Foto: Divulgação)



Um dos cartões-postais de São Sebastião, o banco de areia na praia de Barra do Una, Costa Sul, foi transformado devido às mudanças climáticas que atingiram o Litoral de São Paulo com chuvas, ventos e o avanço do mar. Com ondas de até três metros, a ressaca na praia de Barra do Una rompeu o banco de areia e as águas do mar se uniram as do Rio Una.


De acordo com o chefe da Defesa Civil de São Sebastião, Carlos Eduardo Santos, não houve feridos, nem problemas como pontos de alagamentos e inundações devido à maré alta. Desde a manhã da quarta-feira (27), Carlão e sua equipe percorrem os bairros da Costa Sul, principalmente os pontos críticos de inundações e escorregamentos para verificar a situação dos locais em função das chuvas, da maré alta e ventos fortes.


Ainda segundo a Defesa Civil, as ondas atingiram cerca de três metros em Barra do Una e chegaram a 3,5 metros na praia de Boiçucanga, mas sem registros de ocorrências. A ressaca que atinge as praias da região ocorre em função de um grande ciclone extratropical que avança por alto mar ao largo do Uruguai e Rio Grande do Sul, segundo dados meteorológicos.


Queda de árvores


Os ventos fortes de até 83 km/h provocaram a queda de duas árvores também na Costa Sul do município. Uma delas, de 18 metros de altura, caiu na Rua Rio Pequeno, em Boiçucanga, atingindo um poste e quase afetou uma residência. A outra, de menor porte, caiu na Rua Ana, em Juquehy, mas não provocou danos.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui