Ilhabela apresenta projeto de marina pública nos Estados Unidos

0
56

Também foi confirmado que pelo menos três navios deixarão de operar na costa brasileira na próxima temporada 

- Publicidade -
Três navios deixam de operar na costa brasileira em 2017 (Foto: Divulgação)



O prefeito de Ilhabela, Antônio Colucci, acompanhado do secretário de Turismo, Harry Finger, apresentaram, nos Estados Unidos, o projeto de construção de uma marina pública e terminal de desembarque. Segundo a administração, a proposta é facilitar as escalas de navios no arquipélago, já que, pelo menos três escalas deixarão de operar na costa brasileira, na próxima temporada.


Durante o evento foi confirmado que pelo menos dois navios da MSC Cruzeiros e um da Costa Cruzeiros não devem mais passar pelo litoral do país em razão do “Custo Brasil”, isto é, os valores praticados para as operações do Brasil.


A construção da marina pública prevê a desapropriação do imóvel do Esporte Clube, na Vila, e foi mostrada na última semana da Seatrade Cruise Global, feira de navios de cruzeiro de Fort Lauderdale, na Flórida. “Este é um projeto que visa fomentar o setor náutico na cidade, gerando novos empregos, e também facilitar a parada de novos transatlânticos”, destacou Colucci.


Aquabus


Apesar de estar suspenso por medida judicial, o Aquabus também foi apresentado na feira. Segundo a prefeitura, as embarcações, que custaram cerca de R$ 5 milhões aos cofres públicos, fará o transporte marítimo entre praias de Ilhabela e também poderia ser utilizado para o auxílio ao desembarque de passageiros de navios. “Têm navios que só param em portos fixos porque não tem o chamado Tender ou Escaler, que são os barcos para o desembarque de passageiros”, apontou o secretário de Turismo. 


Temporada atual


Nesta quarta-feira (23), Ilhabela recebe o navio MSC Splendida. Na quinta-feira (24), o arquipélago terá uma escala do MSC Poesia e no domingo de Páscoa (27), a visita é do navio Splendida. A temporada 2015-2016 termina no dia 27 de abril.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui