S.Sebastião tem aumento no índice de empregos, segundo Ministério do Trabalho

0
20
Dados do Caged apontam que município foi o melhor colocado no Litoral Norte e ficou em quarto no Estado
Cidade teve um saldo positivo de 144 vagas na construção civil (Divulgação)

São Sebastião foi o município que melhor contratou no Litoral Norte, no mês de setembro, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados este mês. No Estado de São Paulo, a cidade ficou na 4ª posição.

O setor da construção civil foi o que teve melhor desempenho no período analisado com 210 pessoas que tiveram a carteira assinada e 66 dispensadas, um saldo positivo de 144 vagas (variação de 4,83%). Deste total, a Construtora Queiroz Galvão S/A, responsável pela construção dos lotes 3 e 4 do empreendimento Nova Tamoios Contornos, é responsável por quase um terço das admissões.

De acordo com o departamento de Recursos Humanos da Queiroz Galvão, foram 58 pessoas contratadas em setembro, o que representa 27,62% do total analisado pelo Caged. Outras 11 pessoas foram chamadas para outro empreendimento tocado pelo grupo,  que é a construção da Nova Serra da Rodovia dos Tamoios.

Para o superintendente de contratos da Queiroz Galvão, Francisco Ranulfo Rodrigues, esses números denotam a preocupação da empresa em buscar a mão de obra nos municípios da região. Dos cerca de 850 trabalhadores, mais de 70% são de São Sebastião e Caraguatatuba.“Tão logo tenhamos a liberação das licenças ambientais, a tendência é aumentar ainda mais as contratações”, explica Rodrigues.

Os setores de Comércio e Serviço também apresentaram um bom desempenho, segundo os dados do Caged, sendo 252 e 294 admissões e 117 e 246 demitidas, respectivamente, entretanto, os saldos de pessoas com cateira assinada ficaram abaixo, sendo 135 (3,82 %) e 48 (0,54%).

Conforme dados gerais do Caged, dos 370 municípios analisados no Estado de São Paulo, São Sebastião ficou atrás apenas de Itapevi, Monte Azul Paulista e Ribeirão Branco.

No Litoral Norte, Ubatuba ficou na 9ª posição geral com saldo de 138 vagas (0,95%), Ilhabela na 38ª  com 45 (0,76%) e Caraguatatuba na 248ª com déficit de 58 vagas, o que representa variação negativa de 0,31%.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui