Baleias jubarte são avistadas no Litoral Norte; uma delas estava morta

0
38

Um dos animais foi vítima de redes de pesca em Ilhabela

- Publicidade -
Baleia avistada em Ubatuba no dia 14 de julho (Foto: William Dias)

Por Daniela Malara Rossi

Duas baleias da espécie jubarte, que sofre risco de entrar em extinção, foram avistadas no Litoral Norte esta semana. Um animal adulto foi encontrado na última terça-feira (14) em Ubatuba e exigiu uma força-tarefa para que não encalhasse na praia. A outra baleia não resistiu à redes de pesca e morreu em Ilhabela, próximo à Ponta do Boi, na segunda-feira (13).

O animal encontrado no arquipélago era ainda filhote e já tinha sido visto na região. O corpo foi retirado do mar pela equipe dos bombeiros. Já a baleia de Ubatuba estava saudável e tem cerca de 10 anos, com 10 metros e duas toneladas.

De acordo com o Aquário de Ubatuba, que monitora os animais, eles podem chegar a até 40 metros de comprimento e a espécie saiu da lista de extinção no
final de 2014. “Apesar de não ser mais considerada em extinção, as baleias ainda correm riscos com a pesca industrial”, explica Hugo Gallo, presidente da Associação Brasileira de Oceanografia. 

Devido a tal fragilidade e à segurança de banhistas, é proibido por lei chegar perto dos animais. O Ibama estabeleceu em 1996 uma distância mínima de 100 metros para barcos e 50 metros para pessoas se aproximarem do animal. Quem
desrespeitar a definição pode ser multado.

Migração
No mês de julho é possível avistar baleias no litoral brasileiro, pois começa a fase de reprodução da espécie, que vai até novembro. Os animais migram do polo sul e vão até o norte em busca de águas mais quentes. Cerca de um ano após o nascimento dos filhotes,  as mães se separam dos pequenos, que já aprenderam a buscar alimentos e a fazer a migração sozinhos.

As informações são do Projeto Baleia Jubarte, que já registrou nove casos de encalhamentos em 2015. Segundo os responsáveis, o número é alto, pois a migração só deveria começar em julho. Deste total, três animais morreram por conta de redes de pesca.  A equipe verificou, ainda, que a maioria
destas baleias tinham menos de 8 metros, o que significa que eram filhotes.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, informe seu nome aqui